Apoio

ufrrj_logo
cnpq
Conectividades- Laboratório de Estudos de Parentesco e de família
dcslogo
pplogo

O objetivo desse Laboratório é produzir reflexões sobre as experiências dos sujeitos em âmbito das múltiplas parentalidades. A proposta é pensar sobre as relações familiares, contemplando conexões com a “família de origem” e a formação de novas famílias, incluindo marcadores como gênero, sexualidade, geração, origem, raça, religião e outros pertencimentos indenitários.

A ideia é, também, refletir sobre as experiências relativas ao exercício parental. Sendo assim, a intenção é abordar quais são os percursos trilhados por pessoas sozinhas e/ ou casais em âmbito de suas conjugalidades para chegarem ou abdicarem de filhos pretendidos ou preteridos? Quais as respostas institucionais às diferentes demandas por filiações? De que forma os saberes médicos, jurídicos e psicológicos emergem em contextos de novos arranjos familiares e como essas instâncias têm se posicionado?

Esse Laboratório funciona através de estudos que reflitam sobre temas morais controversos, tensões e negociações nos grupos domésticos, compromissos familiares, formas de ajuda mútua e manutenção dos laços parentais. Além disso, contempla pesquisas tem por objetivo compreender as relações entre os gêneros, suas dinâmicas conflitivas e produções de sofrimentos.

Coordenação geral
Alessandra de Andrade Rinaldi

Professora Adjunta em Antropologia Social -UFRRJ . Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Juiz de Fora (1994), mestrado em Antropologia pela Universidade Federal Fluminense (1997) e doutorado em Saúde Coletiva pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2004) e Pós-doutorado em Antropologia Social pelo PPGAS/MN-UFRJ. Desenvolve pesquisas sobre gênero, violência, família e parentesco. Desde o ano de 2010 tem pesquisado a filiação adotiva.

Coordenador adjunto
Leandro de Oliveira

É doutor em Antropologia Social (PPGAS/ Museu Nacional/ UFRJ). Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2003) e mestrado em Ciências Humanas e Saúde pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2006). Atualmente é professor do Programa de Pós-Graduação em Antropologia (PPGAN/ UFMG). no Departamento de Antropologia e Arqueologia da Universidade Federal de Minas Gerais (DAA/ FAFICH/ UFMG). Entre 2011 e 2016 foi Professor Assistente na Universidade Regional do Cariri e editor da revista “Tendências: Caderno de Ciências Sociais” (ISSN 1677-9460). Foi bolsista do Programa de Metodologia de Pesquisa em Gênero, Sexualidade e Saúde (Fundação Ford) e professor do curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Gênero e Sexualidade EGES/ CLAM/ UERJ. É co-autor, junto com Marcelo Natividade, do livro “As Novas Guerras Sexuais: diferença, poder religioso e identidades LGBT no Brasil”, possuindo também artigos e capítulos de livro em diversas publicações especializadas. Tem experiência na área de Antropologia Urbana, atuando principalmente com os temas: família, gênero, sexualidades, política, religião, troca e reciprocidade, corpo, antropologia das emoções. É sócio efetivo da Associação Brasileira de Antropologia (ABA).

Pesquisadores

Doutorandos
Lívia de Barros Salgado.
Ricardo Andrade Coitinho Filho.

Mestres e mestrandos:
Carlos Eduardo Oliveira da Costa
Fernanda Ciribelli de Carvalho Pereira.
Iara Duque
Juliana Borges de Souza
Letícia Mara Sales
Natam Felipe de Assis Rubio.
Thainá Rosalino de Freitas

Graduandos (pesquisadores de Iniciação Científica)
Crislaine Silva dos Santos
Emilene Medeiros do Alto
Flaviane Lavinas Leal.
Geovana Siqueira Costa.
Milena Gomes da Silva
Ruth Alison da Cunha
Vitória Soares de Oliveira

Encontros